Artigos

09h00

Dinheiro Público

Na última quinta-feira, o Ministério Público da Bahia convocou para uma reunião membros do estado, município e da rede de abrigo de Salvador para discutirem as pendências e dificuldades envolvendo essa área tão necessária, e, ao mesmo tempo, tão negligenciada, desrespeitada e assacada pelos poderes públicos. Os técnicos sempre muito comprometidos são pressionados, e relatam as dificuldades com os seus pares para terem sensibilidade com os abrigos, não deixando atrasar pagamento e buscando facilitar as liberações devidas. Afirmaram da luta que travam, quase sempre em vão. 

Não é para menos, há notícias de que o secretário da Fazendo do município, Sr. Mauro Ricardo, contingenciou 60% das verbas da assistência social de Salvador, inclusive as partes que foram repassadas pelo estado e união, ou seja, bloqueou o dinheiro que não é do município, muito menos dele.    

A renda per capita assumida pelo município por criança abrigada é de R$ 187,75, por mês, perfazendo em torno de um gasto anual de R$1.172.000,00 com toda a rede, e, mesmo com esse valor, é tudo tão complicado. Agora você, caro leitor, veja que esse mesmo senhor, o secretário da Fazenda, para o programa Nota Salvador, com custos de R$ 10,2 milhões, contratou uma empresa de S. Paulo para operacionar as emissões de notas ficais eletrônicas, sem concorrência, com dispensa de licitação, ou seja, ele escolheu com critérios deles e os cofres foram abertos. Já para o trabalho com vidas em situação de risco social, ou mesmo em abandono, se tranca tudo. 

Os poderes brincam, abusam e desrespeitam porque sabem que os envolvidos nesse trabalho o fazem por amor, por ideal e competência. Mas se, por ventura, os poderes públicos acharem que fariam melhor com os mesmos míseros valores, que fiquem à vontade, vão em frente e realizem.  Necessário, por outro lado, que os gestores públicos entendam que os brados e reivindicações não nascem de pedido de favor, mas de cumprimento de leis, de cumprimento de obrigação.

 

José Medrado
Mestre em Família pela UCSal e fundador da Cidade da Luz

Pre | Desktop e Tablet
Colabore
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de Assistência
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Grupo de Assistência
Centro de Cultura e Arte Pai João
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2017. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital