Artigos

10h49

Como assim, segue a vida?

Nesta manhã, em entrevista a Zé Eduardo, na rádio Métropole, o deputado Aleluia disparou, falando das denúncias contra o presidente Temer: “A vida segue, mas a questão é totalmente política...”, Ops! Como a vida segue, é assim pura e simplesmente? Estamos falando do futuro de uma nação, do seu povo, da vida de cada uma de nós. Dessa forma, afirmar com a maior naturalidade que é preciso retomar a normalidade do Congresso suou extremamente conveniente, sem falar qualquer preocupação em apurar a conduta, a honestidade do chefe da nação. Esperada que a fala direcionasse as críticas a quem guarda sabidamente a eiva do banditismo em suas veias empresariais . Mas afirmar simplesmente que foi um erro o presidente receber o empresário. Ou seja: não foi erro que se falou, no que se omitiu, no que se evidenciou. O erro foi o encontro. Desculpe, o erro não foi apenas receber o empresário, o erro foi o conluio, a urdidura do encontro e do que se tratou. Os erros são os crimes que parecem estão envolvidos neste encontro.

 

O que, no entanto, e por outro lado, chegou a ser risível foi que ele – o presidente Temer – não sabia de que um dos donos da JBS era investigado pela Lava Jato, revela o parlamentar. Ora, ora...um presidente desinformado de uma ação que, inclusive envolve o nome dele, e ele desconhece os outros envolvidos? Por favor...Então por que o segredo todo do encontro, o que leva um presidente da república ou qualquer autoridade pública a atender alguém fora da agenda, guardando preocupação exatamente em manter tudo em sigilo? O povo realmente, e em geral, é massa de manobra e busca em seus admirados os argumentos para repetição social, mas há tentativas de impor certas visões como acinte a inteligências dos que vivemos aqui embaixo, na planície e não no planalto.

 

Em outro momento, e sem rodeios, o parlamentar estranha a posição da OAB, que das 27 representações estaduais e do Distrito Federal, 25 votaram pela abertura de processo de impeachment do presidente. E ameaça retaliar, afirmando que por ser autarquia não é investigada, mas agora precisa ser. É aí que está: em toda e qualquer situação todos precisam ser investigados, quando suspeições sobre a honestidade são levantadas. Não por vingança ou qualquer tipo de perseguição, mas para que nestas terras verdes e amarelas prevaleça a moral, a ética, o compromisso com a honestidade e verdadeira cidadania.

 

 

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal.

Pre | Desktop e Tablet
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Caravana Fraterna
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de Assistência
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Colabore
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2017. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital