Notícias

09h00

Palestra: "Psicologia do perdão - não é esquecer, mas seguir"

Compartilhe
Tamanho do Texto

José Medrado conduziu nesta terça-feira (08/05), a reunião doutrinaria. Onde iniciou fazendo uma relação da 9ª sinfonia de Beethoven com o tema da noite, a seguir: PSICOLOGIA DO PERDÃO. Beethoven tinha um pai cruel, mas fez do perdão, ao invés da revolta, a sua sublimação, trazendo músicas e sinfonias.Perdão é um desafio – saúde emocional estruturada na forma de compreender e de transcender os processos da vida que nos fazem sofrer – não há ser humano saudável quando ainda preso, ao ódio e ao rancor. Coragem de autoenfrentamento. A proposta da psicologia do perdão trabalha o que somos e o que temos – estratégias trabalhadas: não vai mudar o que aconteceu; necessidade de vivenciar o luto; é preciso sair do fato gerador da dor. Medo de perdoar por temer demonstrar fraqueza, podendo, em verdade, ocasionar depressão, ansiedade, síndrome do pânico.É preciso se libertar, não espere que a mudança seja das pessoas, seja sua a  mudança. O perdão é um processo que envolve aceitação. A psicologia do perdão é tônico para quem perdoa, o maior beneficiado. (R)

Veja as fotos

Palestra:
Deixe seu comentário
Pre | Desktop e Tablet
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de Assistência
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Caravana Fraterna
Grupo de Assistência
Colabore
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2018. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital