Notícias

08h55

Palestra: " Precisamos processar a dor "

Compartilhe
Tamanho do Texto

José Medrado iniciou a reunião da terça-feira (31/07) trazendo uma reflexão sobre a necessidade que temos de processar a dor. A dor surge quando há um rompimento da nossa estabilidade. A dor psíquica desorganiza e destrói a formação da esperança. A dor moral traz o processo de imobilismo e, ao mesmo tempo, de falta de ânimo. Tentamos ocultar a dor, mas ela precisa ser exteriorizada. O sentido da dor é chamar atenção para algo que está com algum problema, com a ruptura da quietude e estabilidade. O desafio é como processar a dor. O grande medo do ser humano é o desamparo. Freud coloca duas experiências básicas do ser humano: 1. buscar satisfação que gera desejo; 2. a dor fazendo surgir o afeto, pois no afeto que se percebe a forma de ser amparado. A dor persiste, pois somos teimosos, por isso, é importante ir em busca do desconforto para poder nos ajustar.

 

Palestra:
Compartilhe
Tamanho do Texto
Deixe seu comentário
Pre | Desktop e Tablet
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Grupo de Assistência
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Grupo de Assistência
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2018. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital