Notícias

11h00

O brilho da esperança no Natal Solidário da Cidade da Luz

Compartilhe
Tamanho da Fonte

O brilho da esperança no Natal Solidário da Cidade da Luz

Nem mesmo os desafios sanitários que o mundo enfrenta conseguiram tirar a esperança de 500 assistidos pela Cidade da Luz, que participaram de uma confraternização de Natal diferente este ano, oferecida pela Instituição. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a tradicional festa organizada por mais de vinte anos pela Casa não foi realizada nos moldes tradicionais, mas o bem pôde ser praticado, na véspera de Natal, através da distribuição de cestas básicas, chester, panetones, itens de higiene pessoal e para o lar, além de risoto de frango em embalagem térmica individual, para que todos pudessem degustar em suas casas. As crianças até 14 anos receberam presentes (brinquedos e bonés).

Os convidados foram recebidos, na sede da Cidade da Luz, com música e o acolhimento dos voluntários da Casa, e todos os cuidados sanitários, como uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social. O grupo beneficiado com as doações era composto por integrantes do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (MORHAN) e Associação de Portadores de Albinismo da Bahia (APALBA).

Alento Para  o vice-coordenador do MOHAN, Raimundo Martins, como muitas pessoas estão desempregadas por causa da pandemia, a distribuição das cestas básicas e outros itens foi um alento. Nosso pessoal está muito sofrido”, conta Raimundo. “Todos ficaram muito felizes e agradecidos, reconhecendo o esforço realizado por esta Casa em suprir as necessidades de quem passa por tantas dificuldades”.

O segundo diretor financeiro da APALBA, José Augusto de Matos, observou que “mesmo com a pandemia, a Cidade da Luz continua atuante, com disponibilidade para ajudar seus assistidos.” “Eu já fui um deles, e me apaixonei por este trabalho. Hoje estou na Cidade da Luz como voluntário”, conta emocionado.

Jessica Nascimento dos Santos, sempre leva o filho Gabriel de 11 anos, para participar da festa natalina da Cidade da Luz. “Este ano, pensei que o evento não aconteceria e fiquei muito feliz quando soube que haveria distribuição de cestas e refeição. Tem muita gente que precisa. É uma benção para nós”, disse Jessica.

Joanita Ferreira de Jesus, uma das integrantes da Apalba, de 70 anos, não perde uma festa de Natal da Cidade da Luz. Ela ficou muito feliz de poder participar do evento neste novo formato.

Para o fundador e presidente da Cidade da Luz, José Medrado, “quem tem fome não pode esperar e o dia de Natal é muito importante para as pessoas. Por isso criamos uma nova maneira de celebrar a festa, sem colocar em risco a saúde dos participantes, que apoiamos durante o ano todo. O período natalino é o ápice deste nosso trabalho, que realizamos com muito amor”, falou Medrado.

O brilho da esperança no Natal Solidário da Cidade da Luz
Deixe seu comentário
Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Caravana Fraterna
Grupo de Assistência
Colabore
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital