Artigos

12h37

Brasil da hipocrisia

Neste Dia da Consciência Negra, não guardo dúvida alguma, no entanto, de que o Brasil se tornou um país hipócrita, de valores teorizados, mas, em geral, não viabilizados. Vive-se em uma Nação onde se reclama dos políticos, em geral, e de sua defasada honestidade, mas se comete os “pequenos” trambiques, sempre, todavia, com as desculpas-justificativas “isto é diferente”, quando questionados que fazem o mesmo que condena. Sabido e falamos disso o tempo todo, mas vivemos, sim, mentiras teorizadas em politicamente correto.  Assim, também é a falsa ideia de que o Brasil não é racista, ou de que há uma consciência da necessidade de viver uma nova realidade. Ficou claro quando em São Paulo um ator negro foi espancado, na madrugada de quarta-feira, após seguranças de um terminal de ônibus acharem que ele era um criminoso. De acordo com Diogo Cintra, ele fugia de bandidos que tentavam assaltá-lo e alega que os funcionários não o ajudaram por racismo. Os reais bandidos “convenceram” os seguranças da estação, simplesmente porque eles eram brancos e o Diogo negro.

Fato é que as implicações do racismo no Brasil guarda uma filosofia de dominação política, cultural e social. Não se trata exclusivamente de um processo social de discriminação e dificuldades de acesso geral a pontos-chave das organizações brasileiras em todos os segmentos, mas se formou em uma cultura de etnocídio e genocídio da população negra .

O apartheid social se manifesta, portanto, na discriminação social que possue uma dimensão racial implícita, onde a maioria dos desprovidos são negros ou mestiços. A essa questão se atrela, em linha direta de consequência, a intolerância religiosa, em especial de religiões de matriz africana. Tudo muito lamentável e à mercê da leniência, omissão dos poderes públicos, em geral.
Segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) no Brasil o preconceito é sempre atribuído ao “outro”. Assim, 63,7% dos brasileiros entendem que a raça determina a qualidade de vida dos cidadãos, principalmente no trabalho (71%), em questões judiciais (68,3%) e em relações sociais (65%). Ademais, 93% dos entrevistados admitiram o preconceito racial no Brasil, mas 87% deles afirmaram nunca se sentiram descriminados; 89% deles afirmam haver preconceito de cor contra negros no Brasil, mas apenas 10% admitiram tê-lo. Por fim, 70% dos brasileiros que vivendo na miséria são negros ou pardos.

O absurdo, porém, surge nos detalhes dos comentários que os nossos amigos, até os próximos, afirmam que não são racistas, mas justificam a necessidade dos “baculejos” a esses grupos suspeitos, e naturalmente, de negros. Esse é o Brasil dos manifestantes das redes sociais.

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal.

Pre | Desktop e Tablet
Caravana Fraterna
Grupo de Assistência
Colabore
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Colabore
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário