Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Artigos

14h19

A coisa está feia

É sabido e comentado por todos que o Brasil sofre um grande processo de polarização política. O povo se manifesta contra e a favor deste e ou daquele político. Um fenômeno mundial, é fato, mas nestas nossas terras tem se configurado um contorno perigoso, gerador de violência de grande monta. Foi assim que um ataque a tiros contra o acampamento Marisa Letícia, pró-Lula, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, deixou dois feridos na madrugada do último sábado, 28. Um vídeo mostra um homem disparando dois tiros, um deles atingiu o pescoço de um homem, que ainda se encontra internado e uma senhora foi atingida por estilhaços. Grave, muito grave. O episódio a mim parece tão absurdo e surreal, que até imagino que possa ter sido uma desavença pessoal, que já seria um absurdo, imagino, no entanto, se for por questões partidárias, é o completo esvaziar de palavras para reproduzir indignação contra o que não aceita, partindo para o ataque homicida. É o enlouquecer da discórdia.

Estarrecedor, por outro lado, que não vi censuras veementes pelas redes sociais a esta barbárie. A bem da verdade, só aqui e ali...o que achei de grande preocupação, visto que os anti-Lula, ao que parece, viram como natural, como se fosse uma ação que reforçasse a posição dos contras. 

De forma lamentável, ainda, vi, de grande infelicidade, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffman, sair por suas redes sociais culpando a Lava Jato, o juiz Sérgio Moro, a Globo pelo atentado. Ora, que registre a sua indignação, cobre investigação, mas fomentar mais ainda esse clima de beligerância não é bom para ninguém. E sem demagogia, ambos os lados – pró e anti-PT - estão acirrando a discussão.

Imagino como serão as eleições de outubro, caso um candidato ganhe, desagradando os seguidores do outro: será uma guerra campal, alimentada pela intolerância, o discurso de golpe, de farsa, de fraude? Essas lideranças não podem ficar jogando para a plateia de forma inconsequente, a fim de que não faça esta massa de intolerância crescer a ponto de não ser contida. Nada começa grande, tudo é processo de saturação, de crescimento do pequeno, do aparentemente sem consequência. É preciso mais responsabilidade e bom-senso por parte de todos e mais respostas contra esses atentados por parte da polícia.
 

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal.

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Colabore
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Grupo de Assistência
Centro de Cultura e Arte Pai João
Caravana Fraterna
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital