Artigos

09h00

Mais que desrespeito

O vídeo que circula pelas redes sociais e aqui foi repostado da Metrópole, onde um grupo de brasileiros faz uma russa cantar, como se fosse uma espécie de grito de guerra da bola, uma música ofensiva a todas a mulheres, repugnou a maioria. A moça canta com tanta simpatia sem saber o conteúdo, que torna a situação, que por si só é revoltante, mas abjeta ainda.
 
Um instituto nacional de cosméticos publicou faz dois anos uma pesquisa intitulada “O Papel do Homem na Desconstrução do Machismo”, que retratou que muitos não têm a menor noção do que seja machismo, ou mesmo violência contra a mulher. Muitos têm como violência só a agressão física, por incrível que pareça.
 
As constatações são tristes e evidenciam a ignorância: só 24% dos brasileiros se consideram machistas e os 76% que dizem não ser, registra a pesquisa, desconhecem a própria afirmação, ou seja, não guardam a menor ideia do que é ser machista.
 
Pude verificar com cinco amigos, em uma conversa informal, o que eles acharam desse vídeo? Incríveis três, proporcionalmente 75%, disseram que foi uma brincadeira que não gerou problema para pessoa alguma. Exatamente isso: a visão de machismo e da violência contra a mulher são restritos a determinadas situações.
 
O fato é que o machismo em quaisquer das suas manifestações alimenta a desigualdade, e perpetua a violência contra a mulher, e não cabe apenas às mulheres o trabalho de afirmação positiva do seu valor e respeito, mas também a todos, diria a minha mãe: “pois ninguém nasceu de uma chocadeira”, então até por respeito às nossas mães, se não por convencimento pessoal, façamos este trabalho. Caso, no entanto, haja dificuldade em entender o que seria agressão ou não, é simples: coloque a sua mãe, filha e ou mulher no lugar da outra e veja o que sente.

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal.

 

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Colabore
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Grupo de Assistência
Colabore
Centro de Cultura e Arte Pai João
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2018. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital