Artigos

14h50

Perda da decência.

O filósofo alemão Friedrich Nietzsche afirmou que “um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos”. Grande verdade que a cada dia vamos comprovando. Sabemos, de forma geral, e não atingindo a todos, que uma grande maioria dos políticos nacionais não guarda qualquer compromisso com valores de ideais, e sim, e quase sempre, com a conquista do poder e dos dividendos que tais posições podem auferir. É fato, então, que esses não se sentem nem um pouco vinculados com a ética e a moral, e quando contrariados em seus interesses perdem totalmente a decência – do latim decentia, o recato, a compostura de cada pessoa. O conceito permite fazer referência à dignidade nos atos e nas palavras. Sem qualquer constrangimento, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), alvo da Operação Registro Espúrio, chamou o ministro Edson Fachin, relator da investigação no STF (Supremo Tribunal Federal), de vagabundo numa troca de mensagens de celular.

Três dias após a Polícia Federal cumprir os primeiros mandados expedidos pelo magistrado contra investigados do Ministério do Trabalho, ela comentava com o então ministro da pasta, Helton Yomura, a possibilidade de o ministro ressuscitar o imposto sindical – o tributo foi extinto no ano passado pela reforma trabalhista. A deputada, sem o menor pudor, dispara: “Olha esse vagabundo mostrando pra que veio”. O ministro é o relator de ação que questionava a constitucionalidade da mudança na legislação. Ele decidiu, no entanto, enviar o caso para análise do plenário do Supremo.

O pior é que vemos estes desmandos, oportunismos o tempo todo, como o que aconteceu recentemente, quando a Câmara Federal desfigurou completamente a Lei das Estatais, gerando a oportunidade de se nomear para direção de tais empresas até seus próprios parentes, o que antes era vetado. Tais indecências nos geram um sentimento de impotência diante do que vemos que esses senhores são capazes de fazer em causa própria, inclusive buscando blindar a si mesmos, em questões de ilícitos praticados. São capazes de mudar leis sérias, para gerar benefícios bandidos.

Precisamos levar sem tréguas, como um compromisso cívico, o combate à corrupção e aos desmandos em nosso país, pois, infeliz e efetivamente, a minha geração e a seguinte, estou certo, não presenciaremos melhoras neste campo, uma vez que vemos a corrupção banalizada, em uma espécie de normalidade na estrutura de poder no Brasil, mas precisamos pensar em nossos netos, a fim de que tenham um lugar melhor e mais justo para viverem. E para tanto se faz indispensável a valorização do voto, como um mecanismo de mudança, de revisão de atitudes em nós mesmos, para uma mudança em nossa sociedade.

José Medrado Mestre em família pela Ucsal e fundador da Cidade da Luz

Pre | Desktop e Tablet
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de Assistência
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Colabore
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário