Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Artigos

08h36

Mentiras políticas

Neste 1º de abril, Dia da Mentira, os 24 Tribunais Regionais do Trabalho em todo o país promoverão através do Twitter, um movimento contra as fake news sobre a Justiça do Trabalho, tendo como objetivo explicar a importância desta justiça especializada, contrapondo às campanhas difamatórias que vem sofrendo.

Naturalmente, que sempre houve um interesse por parte do poder econômico de extinguir a ação do trabalhador na busca por justiça, naquilo que julga lesado. Claro, não se discute, que há sim trabalhador que quer fraudar o seu empregador, mas após reformulações   das regras de relações trabalhistas , já há casos  de empregados que foram condenados por terem mentido, quando ingressaram com ações, de terem distorcidos os fatos, de terem ações sem necessidade, além de terem recebido uma multa por má-fé, ainda foram condenados a indenizar a empresa que lesaram. 

Mas, cá para nós, muitas das empresas brasileiras não guardam em seus manuais de conduta o respeito aos direitos dos trabalhadores. Não são, digamos, primores em seus recolhimentos legais obrigatórios. Assim, a quem estes homens e mulheres que são explorados, lesados buscariam o que lhes são devidos pela sua justa prestação de serviço, não paga como determinado pela lei?  Ora, afirmam os defensores da sua extinção, que esses direitos serão protegidos pelas Justiças Comum e Federal. Então para que mudar?

Infelizmente todas as “vantagens” que os governos proclamam para uma ação amarga se constituem, em verdade, em mentiras, infelizmente. Quem não se lembra da proposta de se baixar passagem área com a cobrança de malas? Quem não se lembra das enormes ditas “vantagens” que viriam em favor do trabalhador com a reforma trabalhista aprovada em 2017? Pois bem, o desemprego cresceu e vemos por todos os lados filas enormes de desempregados. Não querendo ser de senso comum, mas quando o governo ou certos políticos dizem que estão agindo em benefício do povo em geral, é bom ter cautela, pois as experiências não mostram bem isto. Olhos abertos!

 

*José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Escreve para o BNews às segundas-feiras.

 

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Grupo de Assistência
Centro de Cultura e Arte Pai João
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Colabore
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital