Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Artigos

11h50

Cristo gay, hetero...

Sou cristão, buscando mais do que a pregação para convertidos, em citações de passagens evangélicas ou mesmo querendo ver pecado em tudo e em todos, como forma de aprisionar e gerar dependências. Busco fazer o bem, motivando corações para o trabalho social de auxílio ao próximo, em todos as suas possíveis necessidades. Dessa forma, honestamente, tento entender toda esta reação, em borbotões, contrária ao novo especial de Natal do Porta dos Fundos, intitulado A Primeira Tentação de Cristo, disponível na Netflix. 

Digo isso porque o Cristo que amo e a quem vejo nos pequenos da vida é imenso para estar incomodado, preocupado com que conceito fazem dEle ou mesmo se discute sobre Ele. Além do mais, quem é o Cristo histórico, o homem? Quais as informações que se tem dEle? Não sei se Ele foi ou não gay, hetero, assexuado só sei que o Seu legado foi e é de amor incondicional, logo Ele certamente não aprova, posto não pregou contra qualquer tipo de pessoa, seja prostituta, adúltera ou mesmo o velho Zaqueu, o corrupto de plantão na época. Assim, por que ter os homossexuais como pessoas de subclasse? Por que achá-los como escórias, indignos de serem almas nobres, superiores? A orientação sexual não faz a pessoa ser degradada, mas sim a sua condução moral. Quanta gente séria de aparência e guarda um sombrio mundo interior.

O Porta dos fundos não atribuiu a Jesus caráter criminoso: traficante, pedófilo...Então por que a ira? Por outro lado, o que não me atinge, não me ofende. Não me atinge o conceito de ateu, de religiões anticristãs, mas sim como eu O vivo, como Ele atua em minha vida, fazendo-a diferente. O que pensam e falam sobre quem amo, não o faz da forma que eles querem.

A bem da verdade o Porta dos Fundos não disse nada que já não tenha sido alvo de especulações, e até mesmo de estudos ao longo de muitos anos. Muitos teólogos, como Reverendo Robert Shore-Goss Th.D. (Doctor of Theology) em Religião Comparada pela Universidade de Harvard , autor de diversos trabalhos sobre o tema, sendo um dos mais lidos Jesus agiu: um manifesto de gays e lésbicas, lançado em 1993. No Brasil, um padre excomungado oficialmente pelo Vaticano, Roberto Francisco Daniel, conhecido como Padre Beto, formado em Teologia, Direito e História, lançou em 2014 o livro “Jesus e a sexualidade – Revelações da Bíblia que você nunca viu”, em que defende que “Jesus pode ter sido heterossexual, bissexual ou homossexual”. O ex-padre garante que suas teorias são baseadas nos quatro Evangelhos e nos textos apócrifos.

O que se torna realmente necessário é que sejamos aplicadores das verdades de Cristo, não teóricos, porque Ele próprio disse que “Nem todo que diz: “Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.” .Mateus 7:21. Quais seriam estas vontades, em relação aos outros? Façamos, portanto, e não fiquemos apenas bradando o que não guarda importância de fato. Gritemos, manifestemo-nos contra a fome de muitos, a educação precária de tantos outros, a saúde  deficitária...tantas coisas por nos revoltarmos...

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Também é apresentador de rádio.

Pre | Desktop e Tablet
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Colabore
Grupo de Assistência
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Caravana Fraterna
Oficina de costura Romana Medrado
Colabore
Grupo de Assistência
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital