Artigos

08h00

Busquem os Brasileiros

Não é novidade alguma que o presidente da República tem o hábito de ir e vir em seus posicionamentos e falas. Confesso que me causou outra grande estranheza o seu comentário após voltar da Índia, em entrevista dada a jornalistas no Palácio da Alvorada, ao externar: “Pelo que parece, tem uma família na região onde o vírus está atuando. Não seria oportuno retirar de lá, com todo respeito, pelo contrário. Agora, não vamos colocar em risco nós aqui por uma família apenas”. Uma família apenas, não, por brasileiros que querem voltar para a sua casa. Repercutiu muito mal a manifestação desta envergadura, uma vez que há uma espécie de simbologia arquetípica do presidente com o seu povo, algo tipo protetor, pai, guardião... sei que muitos a lerem estas considerações dirão: não comigo, mas é fato, feliz e infelizmente para milhões. Sempre  se espera do chefe da Nação atitudes em favor de seus compatriotas.

A verdade é que não tem se constituído tanto em realidade as propostas dos presidentes quando empossados, que governarão para todos os brasileiros. Sempre surgem as ideologias pessoais e de grupos, que não, necessariamente, guardam interesses para o conjunto da Nação, em grande medida.

Agora, a esta altura do artigo, alguém já estará afirmando: mas ele vai mandar buscar. Sim, vai, mas depois de afirmar que “Custa caro um voo desses. Na linha, se for fretar um voo, acima de US$ 500 mil o custo (...) mas precisa de aprovação do Congresso”, e cogitou medida provisória para agilizar o processo. Naturalmente, tentando terceirizar a responsabilidade e percebendo isto o presidente as Câmara concorda e afirma que o governo tem instrumentos para organizar o orçamento e financiar a busca, arremata Rodrigo Maia. Em verdade, é que ficou muito mal diversos países indo ao encontro dos seus cidadãos e o Brasil dar as costas, principalmente depois do apelo de diversos homens e mulheres que estão confinados na China. Claro que será necessário o isolamento até os 14 dias que se têm como período de contágio, mas são brasileiros que querem e precisam voltar ao que os poetas e cancioneiros chamam de torrão natal.

Por extensão de entendimento, o povo de uma nação precisa se sentir em sua casa, protegido e amparado de forma igual e respeitosa, independentemente dos inquilinos que por ora moram nos Poderes.

 

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Também é apresentador de rádio.

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Caravana Fraterna
Grupo de Assistência
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2020. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital