Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Artigos

08h00

Os invisíveis de sempre

Como os velhos ditados guardam a sua realidade de fato, todos já ouvimos: quem não é visto, não é lembrado. Cabe perfeitamente para muitos gestores públicos que sempre atrás das suas bonitas e entalhadas mesas lustradas, não se dão conta do sem número de pobres que esperam os tais minguados R$600,00 como ajuda de custo, em especial aos autônomos  neste momento difícil, pelo qual passamos. Todavia, os que vemos gritando, esperneando que tudo precisa voltar à normalidade são, na sua maioria, os senhores empresários, que, inclusive, não veem problema algum se alguns milhares morrerem, como afirmou o dono do Madero, Junior Durski,  em suas palavras que o Brasil não pode parar por conta da morte de 5 ou 7 mil brasileiros. Antes de prosseguir: você vai continuar indo por lá, sabendo que ele pouco liga para a sua vida e dos seus?

Pois bem, por todos os lados vemos iniciativas funcionando perfeitamente são voluntários de instituições beneficentes, preservando a saúde com o cuidados orientados pelos órgãos especializados , mas levando o alimento, favorecendo com mantimentos. A Cidade da Luz tem feito a sua ronda, oferecendo refeições noturnas, infelizmente, não mais podendo abordar, conversar com os em situação de rua, porém o essencial no momento é não deixá-los sem o pouco que pudermos fazer e assim muitas outras instituições estão fazendo – registre-se a prefeitura de Salvador com suas ações de doação de quentinhas, bem ainda cestas básicas às famílias dos alunos de sua rede.

Por outro lado, por que o governo federal, permitam, a linguagem, está em uma amarração enorme para favorecer com dinheiro, repito, esta gente que os seus membros não veem e certamente nunca viram em sua realidade cotidiana? Nunca transitaram por barracos – não falo em período eleitoral – nem se deram conta o que seja realmente viver sem saneamento básico, muitas vezes nem água encanada. Não falo criticando os que tiveram uma vida menos dura, não é isto...falo dos invisíveis que esse pessoal não busca dar visibilidade, oferecendo maior dignidade. Falar que o povo brasileiro cai no esgoto e não acontece nada, para mim, é um desrespeito à dignidade da pessoa humana. Sei do que falo, não apenas por ver, mas por ter passado. 

Dirão que é a burocracia que emperra tudo, mas nós sabemos que quando eles querem para eles...aí tem ação até de madrugada, é assim ou não? 

José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Também é apresentador de rádio.

Pre | Desktop e Tablet
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Grupo de Assistência
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Colabore
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital