Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Artigos

10h00

Religião, aborto e democracia

A questão do crime bárbaro perpetrado por um tido, de 33 anos, que ao logo de 4 anos vinha estuprado sua sobrinha, hoje com 10 anos, chocou o Brasil. A menina deu entrada em um hospital na cidade de São Mateus, norte do Espírito Santo, com fortes dores abominais e um exame de sangue mostrou que ela estava grávida. Viu-se, no entanto, e pelo meu sentir, infelizmente, que a questão se voltou toda para a discussão do aborto, ganhando contornos religiosos e esquecendo o estuprador e a presença, cada vez mais frequentes, de relatos de crimes desta natureza, sem que haja, no entanto, uma mobilização social contra.

 A Justiça autorizou o aborto. No despacho, o juiz da Vara da Infância e da Juventude de S. Mateus determinou que a criança seja submetida ao procedimento de melhor viabilidade para preservação da vida dela. Seja pelo aborto ou interrupção da gestação por meio de parto normal imediato. O magistrado atendeu ao pedido do Ministério Público do Espírito Santo.

Vejo que a laicidade do País vive sob interpretação equivocada, falando apenas de direito ao culto, de respeito a pluralidade das religiões que, na prática, não acontece, em geral, e quase de forma alguma em relação às religiões de matriz africana, A  laicidade implica na  separação cabal, total entre o Estado (Brasil) e as religiões. Caberá a cada líder religioso, assim pens, fazer o convencimento dos seus valores da forma de ver as questões em sua religião, aos que eles buscam, e não impor a toda uma nação, através de uma bancada, por exemplo,  os seus convencimentos de fé, pois a cidadania implica inclusive em respeito aos ateus e agnósticos, ao plural sem símbolos de religião, do toda a sociedade. 

infelizmente, mesmo sendo religioso e desenvolvendo trabalho de conscientização do valor da vida, inclusive sendo contra o aborto, percebo que muitos pregadores ignoram que sendo o Brasil uma democracia guarda, de um modo geral, uma distorção de compreensão deste sentido, no âmbito constitucional, em vivência, uma espécie de  vivo e defendo quando tenho interesses e congrega com os meus valores, mas quando se trata do outro a rigidez é imperiosa, o discurso se amolda, em um tal de veja bem, é preciso que...o tal jeitinho brasileiro utilizamos para tudo, até para o modo em que vivemos a democracia e in casu a cidadania nacional e os princípios constitucionais. 

O aborto no Brasil é crime, entretanto, em algumas situações o procedimento é permitido: quando há risco de vida para a gestante, quando a gravidez é resultado de um estupro e ainda também pode ser realizado quando há a comprovação de que o feto é anencéfalo, ou seja, que o feto não apresenta total ou parcialmente a calota craniana e o cérebro. Essa última situação foi por decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal.
Sem qualquer demagogia, ou necessidade de explicitar o que você acha, no âmago de sua alma: se a filha fosse sua, o que você faria?

Líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Também é apresentador de rádio.

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Centro de Cultura e Arte Pai João
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de Assistência
Colabore
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de Assistência
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Colabore
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital