Artigos

11h00

Ignorância e preconceito

Recebi de um amigo um vídeo, onde uma menina, não mais com 15 anos, demonstrando a sua indignação por banheiros femininos serem usados por mulheres trans, afirmando, inclusive, que isto é coisa de esquerda.

Relata que já houve estupro em banheiro, quando um homem entrou com saia, diz ainda que uma menina foi reclamar de uma outra trans e teria sido agredida por esta.

Vamos lá:   Uma mulher transgênero (mulher trans) é uma pessoa que nasceu com o sexo biológico masculino (como homem), mas se autoidentifica como uma mulher.

Ao contrário, um homem transgênero (homem trans) é uma pessoa que nasceu biologicamente mulher, mas que se identifica e se sente um homem.

O Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, de São Paulo explica que a transgeneridade é uma questão biológica e depende dos hormônios que atuam durante a gestação.

Com isso, ser trans não tem a ver com o meio e, portanto, não é motivo de “culpa” de ninguém. Transgênero: do inglês transgender, é um termo mais genérico e abrange todas as manifestações de gênero que não estão de acordo com o sexo biológico; transexual: quando há uma incoerência marcada entre o sexo biológico e a identidade de gênero.

Nesse caso, a pessoa pode buscar por mudanças corporais para que o físico coincida com o gênero que ela se identifica na mente; travesti: pessoa cuja identidade é feminina ou masculina, mas não busca por mudança corporal completa. Segundo pesquisadores, o indivíduo mantém atributos do sexo de origem e isso tem finalidade sexual.

Voltando à adolescentes, que este amigo encaminhou para mim, inclusive com a legenda “uma adolescente raridade nos dias de hoje” – ainda bem – totalmente equivocada na tal lógica avaliativa.

Uma menina trans, geralmente, o foco de desejo dela não é outra menina, mas um menino. A identidade de gênero dela é menina, ela só tem o sexo biológico masculino.

Da mesma forma, um menino trans – tem sexo biológico feminino -, mas, em geral, será atraído por  menina. Geralmente, pois se tratando de questões de identidade afetiva não se pode vaticinar coisa alguma.

A alegação de homem que estuprou, pois entrou no banheiro de mulher com saia, pelo amor de Deus, qualquer um doente pode fazer isto.

É lamentável que o discurso é sempre repassado por ignorância, desconhecimento absurdo. A Agência Brasil do governo Federal divulgou que em 2019 dados do Disque 100 mostram que foram registradas um total de 17.093 denúncias de violência sexual contra menores de idade.

A maior parte delas é de abuso sexual (13.418 casos), mas há denúncias também de exploração sexual (3.675). Só nos primeiros meses de 2020, o governo federal registrou 4,7 mil novas denúncias.

Os números mostram que mais de 70% dos casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes são praticados por pais, mães, padrastos ou outros parentes das vítimas. Em mais de 70% dos registros, a violência foi cometida na casa do abusador ou da vítima.  

É muito desconhecimento alinhado com preconceitos, simples assim, mas o Brasil está assim: cristão é a favor de armamento; gay se diz conservador; negros contra cotas raciais, cientista contra vacina...

 

José Medrado Mestre em família pela Ucsal e fundador da Cidade da Luz

 

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Colabore
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Centro de Cultura e Arte Pai João
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Colabore
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Grupo de Assistência
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário