Artigos

16h00

Brasil armado

Nessa última segunda-feira (21), com os seus apoiadores que sempre estão em frente ao Palácio do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro comemorou a redução do número de homicídios no Brasil no ano passado. Informação divulgada pelo monitoramento do Fórum Brasileiro Público e vinculado pelo G1. O presidente da República tem encetado um esforço permanente para driblar o Congresso e editar portarias e decretos para ampliar o acesso a armas e de munições para cidadãos comuns e por quem é colecionador, atirador e caçador. São armas inclusive de grosso calibre, como fuzis. A imprensa tem divulgado que durante o governo de Bolsonaro a quantidade de registros para compra de armas até aqui liberados superam os últimos dez anos anteriores.

A verdade, é que o presidente, como lhe é muito peculiar, tem as suas próprias “verdades” que dissemina sem qualquer respaldo efetivo do que não seja do seu interesse pessoal. Vozes de especialistas já se levantam afirmando o erro avaliativo do presidente. O pesquisador Rafael Alcadipani, membro do Fórum de Segurança Pública e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), já afirmou que o resultado das concessões presidenciais trará graves consequências nas próximas décadas. O especialista destaca que, em verdade, houve uma redução de conflitos do crime organizado e dos conflitos entre facções criminosas, fazendo com que na Amazônia, ainda que na região Norte teve, em seu todo, um aumento de 10% dos crimes, com maior disputa entre facções criminosas, que derruba, por consequência, a tese do presidente da República. Outros especialistas na área, como Bruno Paes Manso, pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP), afirma que “entre as causas estão a profissionalização do mercado de drogas brasileiro; armistícios nos conflitos entre facções.

 A verdade é que é necessário se fazer um delineamento de como se constitui a violência no Brasil, com as suas conexões e não isolados. Falta um interesse mais forte em políticas públicas, em ordenamento de todos os poderes da sociedade. A atenção à violência não pode ser de aumentar a sua possibilidade, em uma espécie de revide, pois a questão está se tornando um problema de saúde pública. Quem não teme caminhar pelas grandes cidades brasileiras sem atenção à possibilidade de sofrer alguma violência, gerando tensão e ansiedade?

Sempre que me posiciono contrário ao armamento da população, perguntam-se: Se alguém de sua família sofresse uma grande violência, como você reagiria? Repondo que como qualquer ser humano, com sentimento possivelmente de revide, mas isto me tornaria uma besta e vivo em civilidade. Atribui-se a Gandhi o dito: “No olho por olho, o mundo acabará cego".

José Medrado Mestre em família pela Ucsal e fundador da Cidade da Luz medrado@cidadadaluz.com.br

 

 

Pre | Desktop e Tablet
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Caravana Fraterna
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Grupo de Assistência
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2022. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário