Artigos

12h00

Direito de ofender

U m humorista carioca gerou saraivada de críticas pelas redes sociais, após fazer piadas envolvendo surdos-mudos eomal de Parkison. Surgiram aí, como se vê nesses dias, os contras e a favor ao que muitos têm chamado de liberdade de expressão. É sabido que a liberdade de expressão é um preceito fundamental constante no inciso IV do artigo 5º da Constituição Federal de 1988. Todavia, ela é sem limites e parâmetros? Podendo aviltar, agredir, ferir moral e emocionalmente a outros, apenas por diversão, ignorância ou mesmo maldade? Há diversos pontos de vista nessa discussão, considerando incontáveis argumentos, muitos, no entanto, têm associado esta questão ao discurso de ódio, que estaria ligado, de alguma forma, à opressão, como atributo que aflige a pessoa humana, em sua vulnerabilidade, em segmentos sociais específicos, ou mesmo individuais. De outra parte, alguns afirmam, na hipótese de alguém se sentir ofendido, poder buscar a indenização por danos morais ou à imagem (art. 5º, inc. V) e ou a inviolabilidade da intimidade, vida privada, honra e imagem das pessoas (art. 5º, inc. X). Mas honestamente é fácil a lida com a Justiça brasileira.

Penso que tais “opiniões”, “liberdade de expressão” que guardam ataques pessoais, sejam por ódio, intolerância, interesses particulares, políticos... dentre outros, só contribuem para aumentar, reforçar estigmatizados, suscitar violência e ou disseminação de informações erradas, preconceituosas, intolerantes e criminosas. Ao fundo, tais piadas só caracterizam agressão identitária.

Pessoalmente, fazia sempre “brincadeiras” com loiras, até que me dei conta de como isto poderia estar estereotipando pessoas em crenças infundadas, erradas. Deixei. A sociedade revisita seus valores e precisamos estar atentos a estes processos, adaptando-nos e compreendendo que se algo fere, agride, mantê-lo em nossa conduta por quê?

Nessas situações, o preconceito tem especial destaque e estudiosos afirmam que na formação deste sentimento sempre teremos componentes cognitivos, tais como crenças, ignorância de origem do fato, da “brincadeira”; componentes afetivos, como antipatia, desprezo, aversão ou ódio, intolerância, experiência negativa não superada com alguém ou fato relacionados à vivência daquele ódio, dentre outros, e componentes volitivos, onde, em verdade, o mote estará em uma predisposição de se comportar negativamente em relação a um grupo, podendo até ser por projeção, ou seja, a pessoa se vê na outra, geralmente os ataques homofóbicos guardam estas características. Ao que sinto, poderia dizer que essa liberdade de expressão que se defende parte do princípio do direito de ofender, não de expor posicionamentos divergentes, na dialética da convivência social.

José Medrado Mestre em família pela Ucsal e fundador da Cidade da Luz medrado@cidadadaluz.com.br

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Colabore
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de Assistência
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Caravana Fraterna
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2022. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário