Artigos

17h55

Cristões sem Cristo

Vi em diversos sites, inclusive aqui no BNews, que a pastora Michelly Bezerra, da Assembleia de Deus, de Sorocaba, em um vídeo publicado em suas próprias redes sociais, pediu para que “crentes esquerdistas” parassem de pedir orações a crianças em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) ou com alguma doença grave. De forma clara, apela: "Por favor, não me procurem mais para pedir oração por crianças que estão na UTI, crianças de seus amigos, sobrinhos, sobrinhas, que estão correndo risco de vida, porque quem vota em alguém que é a favor de aborto, pra mim, deixa bem claro que a vida de uma criança não é importante, nem necessária, nem vale nada", afirmou. Estarrecedor. Candidato algum se disse a favor do aborto, ao contrário. O perturbador disso é que, independentemente, de qualquer coisa, ela “abandona” em sua lógica perversa, a caridade, o amor em expressões realmente de quem se diz religiosa. Claro que, está se tornando ação recorrente, após a repercussão o vídeo foi apagado. A questão, entendo, no caso, não se trata de ser a favor, contra o aborto, mas de compaixão. Tenho ficado perplexo, com o comportamento de quem se diz de Cristo e O invocando para basear suas sandices e falta de amor ao próximo.

É pena de morte sendo defendida, são expressões de que “bandido bom é bandido morto”, são posicionamentos marcados pelo preconceito, intolerância, ódio, ressentimentos, vingança, embasados, muitas vezes, em passagem evangélica, em clara manipulação da palavra. Não são, no entanto, apenas evangélicos. Não. Recentemente um padre de Goiás tirou a batina e abandonou uma missa após uma discussão sobre as eleições para presidente do país. O padre defendia o atual presidente e teve reação da assembleia, foi dentro da Igreja Matriz Imaculado Coração de Maria, em Nerópolis (GO), região metropolitana de Goiânia, no domingo (6/11); na minha religião também: um conhecido médium da terra de Chico Xavier solta card com o título “Bolsonaro e os vendilhões do templo” em clara sugestão do uso de chicote para prevalecer o seu entendimento político; um outro médium distribuiu notícia fake de que o mesmo Chico teria dito, ele teria ouvido – afirmava, que jamais receberia Lula. Foi desmentido por arquivo do jornal O Dia, de 05.10.1998, onde divulgava os votos de Chico naquela eleição, e lá estava o de Lula para presidente.

Não é surpresa que diversos líderes religiosos sempre usaram de sua influência para manipular os seus liderados, mas agir de forma criminosa no uso do nome de Jesus é de um cinismo sem medida. Tudo muito lamentável e abjeto...é certo que estamos todos na luta por sermos melhores, mas ações perversas conscientemente não se trata de ignorância, leitura interpretada errada dos livros religiosos, não. É má-fé, estelionato religioso mesmo. Os profitentes de toda e qualquer religião não podemos ser acríticos, precisamos desenvolver o sentido de análise e lógica, principalmente ao usarmos o nome de Jesus para defender os oblíquos pontos convenientes de vista.

josé Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Colabore
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Caravana Fraterna
Colabore
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Pituaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2024. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário