Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário

Artigos

11h30

É brincadeira...

A cada dia que passa, mais e mais o mundo político nos sinaliza com a certeza de que este é um país onde eles brincam de faz de conta, ou talvez eles sejam assim mesmo, em sua maioria, dados ao deboche puro e simples. Como se não bastasse a cada semana um escândalo ou aprofundamento dos já existentes, e uma corte de defensores querendo justificar o injustificável, vociferar inocência, no que deveria ser uma mea culpa. Sem falar nas mirabolantes ações que inventam.

No último dia 13, por exemplo, o senhor ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou, vejam que pérola: que a pasta estuda um acordo para tentar retirar a oferta de refil de refrigerantes em redes de fast-food. E ameaça: caso o acordo com as redes não seja acatado, o governo poderá enviar um projeto de lei ao Congresso para que seja proibido tal refil. Segundo ainda o senhor ministro, há mais de mil lojas de comida rápida que permitem que o cliente recarregue os copos de refrigerante, gratuitamente, o que tem aumentado em 35% o consumo de refrigerante por pessoa. Essa ideia genial é para evitar o avanço da obesidade no Brasil.

Mas, ora veja, no lugar de desenvolver campanhas educativas, buscar formas de melhorar o sistema de saúde, em seu todo, o senhor Barros quer proibir o refil de refrigerante. Hilário. Em que mundo este senhor vive? É certo, realmente, que tem aumentado, e muito, a obesidade no Brasil, em especial nas crianças, sem falar o avanço do diabetes, mas daí proibir...

Se é para proibir, vamos lá: que tal o ministro proibir o uso do cigarro no Brasil. Todos sabemos dos males que ele provoca. Relatório preparado pela organização de controle do tabagismo - Campanha Crianças Livres do Tabaco (CTFK) lançado em 2014 aqui no Brasil-, mostra que os cigarros estão mais viciantes e perigosos. O relatório, feito a partir da análise de pesquisas científicas e de documentos fornecidos pela indústria do tabaco, afirma ser mais fácil se tornar dependente de cigarro do que de cocaína e de heroína, pois nos últimos 50 anos o produto passou a apresentar um teor maior de nicotina e tivera amônia e açúcares incluídos em sua fórmula.

Certamente, isso não interessará ao ministro. Vai mexer com a toda poderosa indústria tabagista? Mas proibir refil de refrigerante, sim. Não é fantástico? Esse governo é de bate-cabeças, sem falar, claro, no todo o mais.

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal.

Pre | Desktop e Tablet
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Oficina de costura Romana Medrado
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de Assistência
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Centro de Cultura e Arte Pai João
Caravana Fraterna
Colabore
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Ptuaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2021. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital