Artigos

11h00

Sem conversa

A psicóloga americana Sherry Turkle,  do prestigiado  Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), abriu uma discussão sobre a arte de conversar, de debater questões pela internet. Grande estudiosa  da digitalização de nossas vidas, ela tem gerado discussão no sentido de que cada vez mais nos comunicamos por celulares e dispositivos móveis em vez de fazê-lo pessoalmente, por que escolhemos enviar mensagens de texto e ligamos menos? E por que conversamos com um amigo enquanto estamos sentados à mesa com nossos filhos na hora do jantar? Além dessas questões que vivenciamos e testemunhamos no dia a dia da vida em sociedade, Turkle defende que, se por um lado não nos comunicamos com quem está ao nosso lado, do outro não fazemos questão alguma da opinião contrária a nossa, ou seja, eu quero ser convalidado, concordado... é perda de tempo tentar dissuadir alguém, pela internet, de seus pontos de vista, posições ou mesmo conteúdo errado. As pessoas só querem comunicar a sua vontade, desejos, pensamentos e pronto.


A estudiosa chega mesmo a questionar se  a arte de conversar está em crise? Com base nessa questão ela concebeu o livro  Reclaiming Conversation, em tradução livre – recuperando a conversa. Com estudos há mais de trinta anos sobre como a tecnologia tem influenciado a nossa vida, a professora Turkle propõe que recuperemos o bom senso, a avaliação de forma e conteúdo, se, e de fato, queremos continuar viabilizando a comunicação, ao contrário só ampliaremos o mundo das bolhas, onde cada um se associa dentro de uma redoma, onde os seus conceitos, princípios e opiniões são iguais. Surge, portanto, a monoideia de cada iglu cultural, onde os automatizados se retroalimentam em suas posições e hostilizam os que pensam diferente. Seria o cada um em seu quadrado (ou redondo), sem o crescimento da arte da dialética, que no platonismo é exatamente o processo de diálogo, debate entre interlocutores comprometidos com a busca da verdade, através do qual se eleva a compreensão humana sobre a realidade e ou os ideais. Não seria exagero replicar que estamos nos tornando zumbis do pensamento embotado, no que apenas guardamos como verdades. Lamentável, pois é assim que se trava o processo evolutivo do pensar humano.

 

Líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Também é apresentador de rádio.

 

 

Pre | Desktop e Tablet
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Oficina de costura Romana Medrado
Caravana Fraterna
Colabore
Centro de Cultura e Arte Pai João
Next | Desktop e Tablet
Pre | Smartphone
Caravana Fraterna
Centro de Cultura e Arte Pai João
Grupo de orientação maternal Irmã Maria Angélica
Colabore
Oficina de costura Romana Medrado
Grupo de Assistência
Projeto viver Pituaçu na Cidade da Luz
Next | Smartphone
Rua Barreto Pedroso, 295 • Pituaçu • Salvador • BA • CEP: 41.741-030 • Brasil
Telefone: +55 71 3363.5538
E-mail: cidadedaluz@cidadedaluz.com.br
2016 - 2024. Cidade da Luz. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Para obter mais informações, consulte o nosso política de privacidade e nossa política de cookies. E para entender os tipos de cookies que utilizamos, clique em Opções. Ao clicar em Aceito, você consente com a utilização de cookies.

Aceito Opções

Definições

Queremos ser transparentes sobre os dados que nós e os nossos parceiros coletamos e como os utilizamos, para que você possa controlar melhor os seus dados pessoais. Para obter mais informações, consulte a nossa política de privacidade e nossa politíca de cookies.

O que são cookies?

Cookies são arquivos salvos em seu computador, tablet ou telefone quando você visita um site.

Usamos os cookies necessários para fazer o site funcionar da melhor forma possível e sempre aprimorar os nossos serviços.

Alguns cookies são classificados como necessários e permitem a funcionalidade central, como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade. Estes cookies podem ser coletados e armazenados assim que você inicia sua navegação ou quando usa algum recurso que os requer.

Gerenciar preferências de consentimento

Utilizamos softwares analíticos de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os visitantes do nosso site. Esses plugins podem compartilhar o conteúdo que você fornece para terceiros. Recomendamos que você leia as políticas de privacidade deles.

Bloquear / Ativar
Google Analytics
Necessário

São aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras, por exemplo. Esses cookies não guardam quaisquer informações sobre você que possam ser usadas em ações de comunicação de produto ou serviço ou para lembrar as páginas navegadas no site.

Bloquear / Ativar
Site
Necessário